13º deve aquecer comércio em Sinop, com chegada do Natal e Black Friday 29/10/2021 Fonte: Julio Tabile/Comunicação CDL

Os dois últimos meses deste ano se desenham excelentes para o comércio sinopense.

 

É o que mostra a pesquisa do Centro de Informações Socioeconômicas da Unemat, com parceria com a CDL.

 

A apuração junto aos lojistas, sobre suas percepções em relação ao 13º salário que começará a entrar no comércio em novembro, mostra que o empresário está de olho no ganho extra dos consumidores e por isso, a maioria dos 60% vai realizar algum tipo de ação para seduzir os compradores.

 

Os empresários também foram questionados sobre as expectativas de vendas para o período. Aproximadamente 94% deles afirmaram que são positivas, quando comparado com o mesmo período do ano anterior.

 

Já o consumidor também está contando com o 13º salário na conta, cerca de 64% afirmaram que vão receber o benefício no final de ano.

 

O item mais desejado é vestuário. Os consumidores também foram questionados sobre os hábitos de pesquisa de informações sobre produtos. A maioria, 72% respondeu que costuma pesquisar os preços antes de procurar nas lojas.        

            

De acordo com o economista Feliciano Azuaga, estima-se que Sinop deve movimentar cerca de R$ 180 milhões em 13º salário.

 

“Hoje o funcionalismo público nas três esferas é forte no município e somente ele dá um peso grande neste montante. Nos baseamos em cima do cálculo do PIB de Sinop”, argumentou.

 

Outro dado importante que a pesquisa revelou é da valorização do comércio local, 66% dos consumidores ouvidos, preferem comprar nas lojas em Sinop.

COMPARTILHAR COM